Certamente, já ouviste falar no famoso óleo de CBD. Mas afinal, em que consiste e para que serve este produto de que tanto se fala?

O que é o óleo de CBD?

O óleo de CBD, ou óleo de canabidiol, é um produto natural feito a partir da planta da Cannabis Sativa L ou cânhamo. Este óleo, contém uma alta concentração de canabidiol (CBD), um composto químico natural encontrado na planta da canábis. Ao contrário do THC (Tetrahidrocanabinol), o principal canabinóide psicoativo encontrado nesta planta, o CBD não é uma substância psicotrópica nem produz intoxicação. Em vez disso, o CBD é cada vez mais usado pelos seus potenciais benefícios, que iremos referir mais abaixo nesta publicação.

Óleo Pharma Hemp 15% CBD, Full-Spectrum, Orgânico
Óleo Pharma Hemp 15% CBD, Full-Spectrum, Orgânico

Como é feito?

Como referido anteriormente, o óleo de CBD é feito a partir da planta cannabis ou cânhamo. Todavia, é relevante saber, também, quais os seus diferentes métodos de produção. O processo de fabricação do óleo de CBD envolve a extração de CBD da planta, para depois diluí-lo , normalmente, em óleo de coco ou óleo de semente de cânhamo. A concentração de CBD no óleo varia de acordo com o produto e a potência desejada.

Assim, existem várias formas de extrair o CBD, como:

Extracção de CO2: Este método utiliza dióxido de carbono sob alta pressão e temperaturas extremamente baixas para extrair CBD do material vegetal. É considerado o método de extração mais seguro e eficiente.

Extracção de solventes: Este método envolve o uso de um solvente, como por exemplo, o etanol, para extrair o CBD do material vegetal. O solvente é então evaporado, deixando para trás o óleo de CBD.

Extracção de azeite: Este método envolve a utilização de azeite de oliva para extrair CBD do material vegetal. O azeite de oliva é aquecido a uma certa temperatura e depois misturado com o material vegetal.

Assim, é importante saber que, o processo de extração de CBD é um dos fatores que mais revela a qualidade deste produto. O óleo Pharma Hemp, é um exemplo disso. Com certificado GMP, orgânico, e produzido com extracção de CO2, permite a melhor preservação dos canabinóides e outros nutrientes. Outra caraterística importante deste óleo, é o facto de ser full-spectrum, contendo vários extractos da planta cannabis que ocorrem naturalmente, como terpenos e outros canabinóides, incluíndo o THC (Tetrahidrocanabinol), até 0.2%.

Então e afinal, para que serve o óleo de CBD?

A utilização do óleo de CBD tem uma grande variedade de fins, e tem demonstrado ter diversos potenciais benefícios para a saúde. Muitas pessoas utilizam o CBD em óleo para ajudar no combate da dor, ansiedade, distúrbios do sono ou para fins mais gerais de bem-estar, tais como melhorar o humor e promover o relaxamento. Ainda, alguns estudos científicos têm demonstrado que o CBD poderá ajudar em doenças mais graves como epilepsia ou artrite, algo que tem vindo também a contribuir para o aumento da procura deste produto natural. Tudo isto, graças às propriedades do CBD anti-inflamatórias, analgésicas, redutoras de ansiedade, entre muitas outras.

Existem alguns potenciais benefícios do uso do óleo Canabidiol. Quais são?

Como referimos noutro artigo do nosso blog, o óleo de CBD poderá ter diversos benefícios como: reduzir os níveis de ansiedade, sendo talvez o seu uso mais popular; melhorar o sono, produzindo um efeito calmante e sonolento; combater as dores crónicas, dadas as propriedades anti-inflamatórias e analgésicas naturais do CBD; melhorar o desempenho físico, exercendo efeitos fisiológicos, bioquímicos e psicológicos, ajudando assim na recuperação muscular, dores e inflamações; controlar os diabetes, podendo ajudar a reduzir os níveis de glicose nas células do corpo; entre outros.

Como funciona?

Em suma, uso mais comum do óleo de CBD pela maior parte das pessoas, passa pela via sublingual. Desta forma, depois de tomada, a substância passa pelo sistema digestivo até ao nosso estômago. A partir daí, entra no sistema porta hepático onde o CBD é levado ao nosso fígado. O fígado metaboliza as moléculas de CBD, para depois entrar na corrente sanguínea, levando assim cerca de 25-30 minutos para ter algum efeito, e durando cerca de 4 a 6 horas.

Embora muita gente use o CBD em óleo, a absorção desta substância, segundo alguns estudos, parece ser maior quando inalada, seja pelo fumo ou por outras formas de vaporização, levando a muita gente a optar pelo uso da flor de cbd ou e-liquids, na sua aromaterapia.

Existem também algumas pessoas, que utilizam o CBD na comida, no café ou noutra bebida, em cápsulas, em massagens musculares, entre outros.

Se achaste este post interessante, partilha com os teus amigos!

Links de artigos científicos

Ansiedade e o CBD

Insónias e o CBD  

Dores crónicas e o CBD

Diabetes e o CBD

Desempenho físico e o CBD

Artrite e o CBD

Epilepsia e o CBD

Absorção do CBD no nosso corpo

Aviso legal

A Tropical Bud não fornece informação para recomendações médicas, diagnósticos ou tratamentos, mas apenas para fins informativos, com base em artigos científicos. Consulta um médico ou especialista de saúde profissional, antes de tomares qualquer decisão ou ação relativa à tua saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *